Ir para conteúdo
Criar Novo...

5 mitos que impedem o sucesso dos empreendedores


Posts Recomendados


  • Seguidores:  35
  • Postagens:  322
  • Curtidas:   78
  • Status:  Online

5 mitos que impedem o sucesso dos empreendedores

Abrir a própria empresa faz parte dos sonhos de milhões de brasileiros, mas mitos relacionados ao tema podem atrapalhar o caminho até o sucesso. Conheça os principais e veja como acelerar o crescimento da sua empresa!

 

image.png
(Thinkstock/SIphotography)

 

Se você é dono da própria empresa (ou sonha em começar um negócio), provavelmente já escutou a máxima de que “empreender no Brasil é difícil” ou que “é preciso ter muito dinheiro para começar”. Mas a verdade é que, ainda que o caminho entre ter uma ideia inovadora, conseguir colocá-la em prática e ver o negócio prosperar seja mesmo cheio de obstáculos, a maioria das dificuldades encontradas pelos empreendedores podem ser contornadas.

O problema é que, muitas vezes, desmotivadas por estes e outros mitos que rondam o universo empreendedor, as pessoas acabam desistindo do sonho de começar o próprio negócio – e abrindo mão, portanto, de oportunidades que poderiam representar uma verdadeira virada de chave em suas vidas.

Nesse cenário, entender o que é real e o que não passa de desinformação é essencial. Para ajudar nessa missão, elencamos cinco dos principais mitos sobre empreendedorismo que podem impedir o sucesso do seu negócio. Veja abaixo.

 

 

1. É preciso ter muito dinheiro para começar

A ideia de que apenas pessoas ricas conseguem ter sucesso ao abrir uma empresa é um dos principais mitos relacionados ao empreendedorismo. Claro que quem tem o privilégio de começar essa jornada com bastante dinheiro em caixa tem uma vantagem, mas isso não é fator determinante para o sucesso de um negócio. Empreender e prosperar com pouco dinheiro também é plenamente possível.

 

 

2. Empreendedorismo é sinônimo de liberdade total  

A possibilidade de “ser o seu próprio chefe” é frequentemente citada como uma das maiores vantagens de empreender – mas é preciso tomar cuidado com a falsa impressão que ela passa.

É que, ainda que o empreendedor de fato não tenha um superior cobrando metas mensais ou checando sua carga horária, a responsabilidade de ter um negócio independente é enorme e também exige disciplina. E o empreendedor deve, por exemplo, cumprir datas, prazos e acordos com sócios, investidores, clientes, fornecedores e funcionários.

 

 

3. Empreendedores devem ter formação acadêmica

Muitas pessoas ainda acreditam que é preciso ser formado em administração de empresas ou áreas correlatas para empreender. Mas a verdade é que, ainda que a educação formal ajude, ela não está diretamente relacionada ao sucesso dos negócios. Prova disso é que alguns dos maiores empreendedores do mundo, como Bill Gates, Mark Zuckerberg e Steve Jobs não carregam um diploma universitário no currículo.

Por outro lado, aprender sobre temas como gestão de negócios e pessoas, marketing, contabilidade e logística com certeza faz a diferença no dia a dia de um negócio. Assim, quem sente que ainda precisa se aprofundar nessas temáticas, mas não tem tempo ou dinheiro para cursar uma faculdade, pode optar por cursos livres relacionados ao universo do empreendedorismo, ou até mesmo por conteúdos gratuitos na internet.

 

 

4. O processo de abertura de uma empresa é muito demorado

A ideia de que o processo de abertura de uma empresa é complicado e demorado demais pode levar muitas pessoas a desistirem do sonho de abrir o próprio negócio. Mas a verdade é que, embora o Brasil já tenha sido considerado um dos países onde mais se demora para abrir uma empresa, hoje o processo está cada vez mais rápido.

De acordo com o boletim Mapa das Empresas do 3º quadrimestre de 2021, apresentado pelo Ministério da Economia, o tempo médio para abertura de empresas no país é de 2 dias, o que representa uma redução de 21,3% (o equivalente a 13 horas) em relação ao final de 2020.

 

 

5. Os resultados demoram muito para aparecer

Não dá para dizer que essa seja uma verdade absoluta, mas também não podemos ignorar que, enquanto alguns negócios rentabilizam rapidamente, outros podem demorar mais para prosperar. Não à toa, dizem por aí que persistência e paciência são algumas das principais características do empreendedor.

O problema é que, muitas vezes, a frustração por não enxergar esse crescimento no tempo esperado leva os empreendedores a desistirem de seus negócios – quando, na verdade, uma reavaliação do plano de negócios ou a implementação de novas metodologias já resolveria o problema.

 

Créditos Isabel Rocha da Exame
Artigo adaptado

  • Curti 1

1725003399_Assinaturae-mail(Apolo).png.1417e2858d835b00a21d9d8810c0b046.png

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Conheça o E-com 360º 

×
×
  • Criar Novo...
Pesquisar em
  • Mais opções...
Encontrar resultados que contenham...
Encontrar resultados em...

Escreva o que você está procurando e pressione enter ou clique no ícone de pesquisa para iniciar sua pesquisa